sexta-feira, junho 5

Dia Especial



Lá estava ela sozinha, contorcida na cama, triste, solitária. Olhei pra ela e ela logo sorriu pra mim como se estivesse pedindo colo. Mais à frente tinha outra, mas diferente, esta estava só com o lençol cobrindo seu corpo cheio de cicatrizes e feridas da vida e eu perguntei:
- Oi como a senhora está? E ela não soube responder.
Olhei para o lado e encontrei uma das mãos mais belas que já vi. Unhas compridas, pintadas de vermelho, mas a sua perna já não era mais a mesma e ela me disse:
- Como você se parece com uma pessoa que eu quero tão bem! Seus olhos se encheram de lágrimas.
De repente veio uma amiga minha e me mostrou o seu braço que havia sido arranhado por uma pessoa que mal sabia o seu próprio nome, então tínhamos que tomar certo cuidado.
Continuei minha caminhada conhecendo, e quanto mais eu conhecia aquelas pessoas, mais eu aprendia, mais eu tinha vontade de abraçar, de dizer que elas não estavam sozinhas, e de orar.



Tudo isso aconteceu neste domingo dia 31 de maio.

Eu juntamente com as minhas amigas esposas de pastores parlamentares estivemos fazendo uma visita ao Lar Torres de Melo em Fortaleza.

Como descrevi foi maravilhoso, porque levamos a palavra de Deus para pessoas que estavam precisando de ajuda, de oração, de um abraço, de atenção.


Maravilhoso mas ao mesmo tempo revoltante, porque as portas da associação estão quase se fechando por falta de recursos. Aí eu fico me perguntando - Como uma pessoa pode abandonar uma causa tão nobre como essa? Como uma pessoa tem coragem de deixar dezenas de idosos sem água e luz? O que acontecerá, quando a água e a luz forem cortadas? Onde está o amor, a consideração?

Conversando com o diretor, ele disse que uma das formas que se tem para ajudar na captação de recursos, ou seja, para manter o Lar Torres de Melo aberto é arrecadando tampinhas plásticas de refrigerante, água, suco para venda como material reciclável.

Então começa agora a nossa campanha em prol de todas aquelas pessoas maravilhosas, que eu tive o prazer de conhecer, de conversar e de aprender que os maus exemplos a gente nunca deve seguir.

Se você conhece alguém que é egoísta, que não tem amor ao próximo, então esse é o exemplo que você não deve seguir. O que plantamos hoje, vamos colher amanhã. Essa é a regra da vida.

Estamos arrecadando essas tampinhas e se você que mora aqui em Fortaleza puder nos ajudar Deus te recompensará. Para mais informações de como você pode fazer a entrega envie um e-mail para: andressamartinsce@gmail.com e estarei te respondendo.

Encerro com esses lindos versículos da Bíblia:


“Mestre qual é o grande mandamento da lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.”
(Mateus 22:36 ao 39)


Deus te abençoe!


Andressa Martins